Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.7/5 (3285 votos)


ONLINE
5




Partilhe este Site...

Flag Counter

Calendário lunar

 


8- Virginalidade dos Espíritos Ancestrais
8- Virginalidade dos Espíritos Ancestrais

Vislumbres da Virginalidade dos Espíritos Ancestrais: similaridades entre as descrições de Emmanuel com as de Pai Guiné D´Angola.

Embora os textos psicografados por Chico Xavier deixem patente aquilo que acreditamos ser um ´´ajuste literário´´, mediante o sincronismo (adaptação) com toda uma linha doutrinária estigmatizada, especialmente a partir de Allan Kardec, pode-se contemplar similaridades em certas passagens desta com postulados da Lei de Umbanda, segundo o que foi apresentado por W. W. da Matta e Silva (Yapacani).

E tal perspectiva fundamenta-se no fato de que, em qualquer época a Espiritualidade precisa adaptar seus ensinamentos a partir do macrossistema com o qual irá interagir. Isto é, com o padrão global de ideologia, de organização social, cultural e política, bem como de sistemas de crença e paradigmas diversos presentes especialmente no segmento religioso junto ao seu público-alvo.

E inexoravelmente contextualizado ao macrossistema, dinamizado pelo moto perpetuo que surge como expressão da Vontade Dvina manifesta nessa imensa dinâmica, tem-se a passagem do tempo, estabelecendo por conseguinte, um cronossistema.

Assim, a passagem do tempo e as mudanças que neste tempo acontecem, promovem alterações desde o micro até o macrossistema, de modo que um se consubstancia no outro, sendo que no caso da humanidade, a mesma possui via de regra, um dinamismo ainda muito distante da Luz ensinada por seus emissários de fato e de direito.

Por conseguinte, acompanhando essa linha de raciocínio apresentamos duas passagens relativas as descrições feitas através de Matta e Silva e Chico Xavier, as quais apontam brevemente a interação incognoscível do Atemporal com nossa Hierarquia Constituída dentro de seus sistemas afins.

Do livro: A Caminho da Luz - Chico Xavier, segundo conceito atribuído por Emmanuel.

"Só Jesus não passou, na caminhada dolorosa das raças, objetivando a dilaceração de todas as fronteiras para o amplexo universal [..] Todas as coisas humanas passaram, todas as coisas humanas se modificarão. Ele porém, é a Luz de todas as vidas terrestres, inacessível ao tempo e à destruição."

Página16 Capítulo 1: A GÊNESE PLANETÁRIA - A COMUNIDADE DOS ESPÍRITOS PUROS

"Rezam as tradições do mundo espiritual que na direção de todos os fenômenos, do nosso sistema, existe uma Comunidade de Espíritos Puros e Eleitos pelo Senhor Supremo do Universo, em cujas as mãos se conservam as rédeas diretoras da vida de todas as coletividades planetárias."

Em LIÇÕES DE UMBANDA E QUIMBANDA NA PALAVRA DE UM PRETO-VELHO

Segundo os ensinamentos de Pai Guiné

"No entanto, este preto-velho reafirma e ensina o seguinte: O Cristo, identificado como Jesus - filho de Maria, jamais teve carma-evolutivo ou condicionado, conforme o nosso, que está ligado à natureza, à roda das sucessivas encarnações..." pag 35

"Aceito a existência de Duas linhas de Ascensão ou Evolução para os Espíritos. Uma, independe de matéria ou energia-massa. Esta é a Linha de Evolução Original. [...] O Cristo Jesus, é claro, também veio da primeira porém, já com seu grau crístico, de sua hierarquia"

Em UMBANDA - SUA ETERNA DOUTRINA, pág 35.

"Portanto, 7 foram os escolhidos pela Hierarquia Suprema ou do Centro de Consciência-Una, a fim de supervisionarem as Leis Morais e Cósmicas, estabelecidas por acréscimo e regulativas da Linha de Ascensão dependente de matéria.

Então, sucessivamente, dentro de categorias, estes primeiro sete fixaram as vibrações em mais sete, multiplicando-se, dentro das outras categorias que formam outras Hierarquias-afins, as vibrações da ideia, quando concordaram, por afinidades de consciência, em descer a Linha via matéria como Senhores dela, não sujeitos a sua atração, conhecedores de suas Leis, como é o caso de Jesus, cuja condição crítica de evolução não depende de uma Lei de Consequência ou Karma, própria ou originária desta ´´queda dos anjos" ( página 104).

Santa Paz

Tarso Bastos