Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.6/5 (3124 votos)


ONLINE
2




Partilhe este Site...

Flag Counter

Calendário lunar

 


Senhores das forças Sutis
Senhores das forças Sutis

Os Orixás são os Senhores das Forças Sutis-Vitais, pois, na verdade, estas Forças Sutis são suas volições, seus poderes operantes vibracionais concretizados. Os Orixás, ao imprimirem suas vibrações no Universo Astral, fizeram-no na Energia, a qual foi adaptada a um ciclo e um ritmo que se concretizam nas Forças Sutis por Eles manipuladas. Então, os ciclos e ritmos vibracionais próprios da concretização no mundo das energia, fizeram surgir as Forças Sutis.

As Forças Sutis ou Linhas de Força ou Correntes Energéticas da Natureza são sutis e vitais correntes de energia que interpenetram todo espaço cósmico, que tudo constroem, tudo formam, desde o átomo e suas partículas, até o mais complexo corpo celeste ou mesmo galáxias. Os efeitos diretos e próprios dessas Linhas de Força dão formação a aura eletromagnética dos próprios planetas.

Portanto, se os Orixás são Senhores Vibracionais das Forças Sutis, por serem elas a concretização da vontade dos mesmos, tudo a que elas dão formação está sob as vibrações dos Orixás.

Estas Forças Sutis são também conhecidas por Tatwas, sendo cinco inferiores e de pura energia astral e dois superiores e de pura energia mental. Cada um tem a sua tonica particular, porem se interpenetram.

Cada um dos cinco inferiores: AKASA, VAYU, TEJAS, PRITHIVI e APAS, domina a cada 24 minutos até fazer um ciclo rítmico de 2 horas, quando passam ora para a influencia SOLAR, ora para a influencia LUNAR, e assim sucessiva e indefinidamente. Os outros dois tatwas UPANADAKA e ADI comandam os cinco inferiores, dentro dos 24 minutos de cada um, se revezando de 12 em 12 minutos.

Estes tatwas ou forças elementais dão formação as suas correntes cósmicas nos quatro pontos cardeais e se cruzam sempre em um centro, como em cruz.

Esse cruzamento ou junção se da de 2 em 2 horas e é quando impera o tatwa AKASA que manipula especialmente o elemento ETEREO ou os éteres vitais.
Do Norte vem O tatwa PRITHIVI, manipula especialmente o elemento que da formação aos sólidos, a TERRA.

Do Sul vem o tatwa TEJAS que manipula especialmente o elemento IGNEO ou Fogo.

Do Leste vem o tatwa VAYU que manipula especialmente os elementos AEREOS ou do AR.

Do Oeste vem o tatwa APAS que manipula especialmente os elementos AQUOSOS ou líquidos (da água).

 

FONTES BIBLIOGRÁFICAS
MATTA E SILVA. W.W. Lições de Umbanda (e Quimbanda) na palavra de um “Preto Velho”. 6ª ed. rev. e ampl.  Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1995.

MATTA E SILVA. W.W. Mistérios e Práticas da Lei de Umbanda São Paulo: Ícone, 1999.

MATTA E SILVA. W.W. Umbanda de Todos Nós (a lei revelada). 7ª ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1992.

MATTA E SILVA. W.W. Macumbas e Candomblés na Umbanda. 2ª ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1977.

 

Pesquisa: Yacyamara neta de Yapacani