Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.6/5 (3223 votos)


ONLINE
5




Partilhe este Site...

Flag Counter

Calendário lunar

 


A Raiz
A Raiz

SITE: umbandadobrasil.com.br

Acessado em 85 países -- último registro vindo de Belize -- lembramos que passamos a ter acesso a este controle a partir de 2015. De 2012 a 2017 contamos com o total 1.003.884 acessos ao site, dados de 05/03/17.

Dizem os "doutores", que a Doutrina da Raiz de Guiné está ultrapassada. Contudo, vemos pela matemática fria dos números o interesse nacional e internacional nesta doutrina, talvez, mais valorizada e respeitada lá fora.

Fazemos esta observação por e-mail e comentários que recebemos. Pois internamente, a Umbanda Esotérica da Raiz de Guiné, de cima para baixo, ou seja do Astral para o nosso plano, está comprindo com o seu papel, pois vemos cada vez mais terreiros com alguma influência de sua parte.

Em relação ao meio e ao movimento humano, nossa Raiz não fugiu da antiga regra que o Velho Matta observava em outras escolas, já que, com seu desencane, muitos daqueles que deveriam preservar e ensinar a Raiz, não tiveram o devido "pulso firme" ou firmeza de caráter, para orientar e fazer as necessárias cobranças morais-espirituais, o que permitiu que pessoas oriundas de outras escolas e ordens, trouxessem para o meio da Raiz de Guiné, suas frustações, vaidades e doutrinas duvidosas, abrindo inclusive, precedentes, para em nome de uma tal "diversidade", fosse dessa maneira quebrada uma regra, mas, regra esta que não foi de modo algum imposta e inventada por Matta e Silva, já que a mesma veio da própria espiritualidade. Como diz os pretos e pretas velhas: na Umbanda de Zum Guiné não , mas nas outras zumbadas pode.

Assim, confundem aquilo que é, na Lei, de direito de todos (Batismo), com iniciações, (Consagrações e Coroações). Vivemos um período de muito azul e de pouco conhecimento.

Posso afirmar nesses 22 anos de Umbanda Esotérica, mais 6 em outras vertentes, somando um total de 28 anos de caminhada na Lei de Umbanda e de trabalho junto com minha esposa: nunca vi tantos e tantos ditos iniciados, coroados com túnicas azuis com tantas duvidas, sem saber diferenciar conceitos, sem base magistica, tendo que recorrer a velhas macumbarias, como diz um irmão nosso.

Mas aos trancos e barrancos, mesmo misturando e permitindo tudo aquilo que seu velho Mestre lutou, dentro de uma missão espiritual a fim de separar o joio do trigo, vai a Raiz influenciando de uma forma geral parte da coletividade umbandista .

Acredito que o remédio salutar seja que TODOS, TODOS, voltem a ler e refletir sobre os ensinamentos da Raiz.

Enquanto isso, vamos continuar trabalhando.

Rogério Corrêa